Imprensa RJ

Notícias

Ambiente

Guarda-parques fazem treinamento para atuar em unidades de preservação

 21/03/2013 - 08:47h - Atualizado em 21/03/2013 - 08:47h
 » Danielle Moitas

Concursados aprendem a rotina de agentes em estações ecológicas


Ajudar a cuidar de 15 unidades de preservação ambiental do Estado do Rio não é tarefa fácil. Empossados em novembro do ano passado, 220 guarda-parques serão responsáveis por atividades como orientar visitantes,
combater pequenos incêndios e prestar primeiros socorros a acidentados. Para garantir que todos estejam preparados, os agentes passam por um curso prático e técnico de dois meses.

 

Os primeiros 110 concursados concluem a qualificação no fim deste mês e irão diretamente para as unidades em que
estão lotados. As aulas estão sendo ministradas, simultaneamente, no Centro de Treinamento de Guarda-Parques
do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), em Guapimirim, e no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Teresópolis.
Eles ficam de segunda a sexta no local das aulas e nos fins de semana voltam para casa. Em abril, os demais guarda-parques iniciam o curso.

 

Entre as disciplinas ministradas na qualificação estão busca e salvamento de pessoas perdidas ou acidentadas, medicina de áreas remotas, manejo de trilha, animais peçonhentos, ciência do fogo e prevenção e combate a incêndios florestais.

 

– Os agentes aprendem na prática a lidar com situações que podem se apresentar em suas unidades de preservação
– explicou Carlos Pontes, um dos instrutores do curso.

 

Preparo físico é um dos destaques

 

Todos os guardas contam com equipamento completo para o desempenho da função. Além das ferramentas, eles receberam uniformes, capacetes, botas, luvas e máscaras antifumaça. O treinamento também prepara fisicamente os agentes. Eles fazem caminhadas carregando as ferramentas, prevendo as situações reais.

 

– Não imaginei que o curso seria tão bom. Saímos com vasta experiência prática e teórica de todas as atribuições de um guarda-parque – disse Thiago Amaro, 25 anos, que vai atuar no Parque Estadual da Pedra Selada.

 

Nascida em Nova Friburgo, Maria do Carmo Costa, 26 anos, será uma das guardas do Parque Estadual da Pedra Branca.

 

– Acho que as pessoas não sabem tudo o que podem aproveitar na unidade. Aprendemos a valorizar as belezas, mas a cuidar também – afirmou Maria.


  • Fotos

  • O treinamento aconteceu na Estação Ecológica do Paraíso, em Guapimirim

    6 fotos | Ambiente | 20/03/2013

    Treinamento prático prepara guarda-parques para rotina em unidades de preservação



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________