Imprensa RJ

Notícias

Agricultura

Produção láctea fluminense será fortalecida com criação de plano de trabalho

 11/02/2019 - 14:36h - Atualizado em 11/02/2019 - 14:36h

Governo do Estado e Sindicato da Indústria de Laticínios firmaram parceria


O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, e o Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados (Sindilat) criarão um plano de trabalho para o desenvolvimento de ações que impactem positivamente o setor.

 

– Temos hoje um cenário que favorece indústrias e produtores de leite de fora do Estado do Rio de Janeiro. Eles se instalam aqui e aproveitam os benefícios fiscais para lucrar em cima do mercado fluminense, que é muito amplo. O que queremos é proteger as nossas empresas – afirmou o secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes.


Durante a reunião, foram encaminhadas duas minutas de decreto. Uma delas, para corrigir as distorções em relação ao Riolog, programa de incentivos fiscais, e a outra em relação ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os produtos lácteos e seus derivados.


Segundo o presidente do Sindilat, Antônio Carlos Cordeiro, hoje, o consumidor vai ao supermercado e encontra o queijo muçarela por R$ 15. No entanto, ninguém no estado consegue produzir por este valor.
 

– Quando esse queijo vem de Rondônia, Minas Gerais ou de outros estados com preço muito menor inviabiliza o desenvolvimento do nosso setor de laticínios – disse.
 

Recuperação econômica


De acordo com o subsecretário de Agricultura, Ramon Neves, a expectativa do governo é trabalhar integrado com o setor para destravar os gargalos que impedem o crescimento da cadeia produtiva leiteira no Rio de Janeiro.


– O governador deixou claro a importância do setor agropecuário, pesqueiro e da aquicultura como um dos pilares para a recuperação econômica do estado – enfatizou.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________