Notícias







SECTI articula vinda de grande evento organizado pela Web Summit para o Rio de Janeiro


Para quem busca estar em um ambiente que reúna os principais atores do ecossistema de tecnologia, inovação e empreendedorismo, a Conferência Web Summit, maior do setor tecnológico da Europa, é a referência no assunto. O evento ocorre anualmente durante quatro dias em Portugal e na última edição que aconteceu em 2019, recebeu cerca de 70 mil pessoas e teve mais de 160 países participantes. Com o objetivo de trazer eventos dessa magnitude para o Estado do Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), em conjunto com a Secretaria de Estado de Turismo (SETUR), e com outros agentes do governo e do ecossistema tecnológico, se reuniu nesta segunda-feira (27) com o vice-presidente da conferência, Artur Pereira, para buscar inserir o Estado no ciclo de eventos que a organização do evento realiza em outros continentes. O encontro aconteceu Secretaria de Estado da Casa Civil, no Palácio Guanabara.
 
 
Representando a SECTI, o Subsecretário de Cooperação com o Setor Tecnológico e Inovativo, Filippo Scelza, marcou presença na reuniu e ressaltou a importância de colocar o Rio de Janeiro nesse importante circuito tecnológico. “O Estado do Rio de Janeiro conta com um dos ecossistemas mais resilientes, dinâmicos e ricos do país. Trazermos, para cá, um evento da magnitude do Web Summit, realizado em Lisboa, significa fomentarmos o ambiente de negócios do Estado, bem como colocarmos o RJ no circuito internacional dos grandes eventos de Tecnologia e Inovação ", disse Scelza. 
 
 
O evento, ainda sem data programada para acontecer e nome definido, está em processo de negociação para ter o Rio de Janeiro como anfitrião, mas já concorre com as cidades brasileiras vizinhas São Paulo e Florianópolis. Os eventos realizados pela empresa Web Summit reúnem desde as gigantes do mercado às pequenas empresas de tecnologia. Networking, Inovação e negócios são as palavras-chaves nestes encontros. “Essas tratativas são de extrema importância para o desenvolvimento do nosso estado. O Rio de Janeiro é a casa da inovação e está de portas abertas para iniciativas como essa. Seguiremos articulando e fazendo o possível para sediarmos esse importante projeto. Ser referência como polo de inovação e empreendedorismo, não é mais um sonho distante. Pelo contrário, já somos destaque e inspiração para muitos. Seguiremos trabalhando arduamente para fomentar o crescimento desse ecossistema", finalizou o secretário.