Notícias







Uma semana histórica, de um governo histórico


A decisão do governador Cláudio Castro de vetar o Projeto de Lei n. 5.190/2021, que iria onerar a atividade petroleira, vem sendo aplaudida pela iniciativa privada, por prefeituras e, principalmente, pela sociedade fluminense. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro também deu legitimidade à ação civil pública do Governo do Estado para frear o aumento do preço do gás.

Criar uma nova taxa para o setor de petróleo traria insegurança jurídica para o estado, prejudicaria a economia dos municípios e inibiria a atração de investimentos. Já o aumento abusivo do preço do gás, prejudicaria o consumidor, afetaria a vida de milhões de cidadãos, da dona de casa aos taxistas e motoristas profissionais, empresas e indústrias que utilizam o gás como matéria-prima. Muitos não teriam como suportar esse aumento.

O Rio de Janeiro merece um governante com essa postura, com esse posicionamento fundamental para restabelecer a autoestima e o crescimento do estado, que já recuperou 100% dos postos de trabalho perdidos durante a pandemia, apresenta, hoje, um cenário de superávit, dinheiro em caixa, salários dos servidores em dia e que possui mais de R$ 70 bilhões de investimentos anunciados pela iniciativa privada em todos as suas regiões do estado.

Além disso, o bom momento do estado se confirma mais uma vez com o resultado do leilão do último lote da Cedae, que foi arrematado por R$ 2,2 bilhões, com 90% de ágio. Isso é a prova viva desse grande momento de mudança, de segurança jurídica e da credibilidade conquistada nos últimos meses.

Esses resultados reforçam o grande momento de desenvolvimento econômico que o Rio de Janeiro vive hoje, frutos de uma maior agilidade e desburocratização, e, principalmente, um profundo comprometimento com a população.

Governo Cláudio Castro: sem tempo a perder.

O Rio de Janeiro agradece.

 

* Vinicius Farah, secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais do Governo do Estado do Rio de Janeiro