Notícias







Castro apresenta balanço positivo da gestão em reunião com o secretariado e projeto 2022


O governador Cláudio Castro fez a última reunião do ano com o secretariado, nesta terça-feira (14/12), apresentou um balanço da gestão em 2021 e projetou ações para 2022. A mensagem destacada no encontro, realizado no Centro de Convenções Sulamérica, na Cidade Nova, no Rio, foi a de que o dever de casa está sendo cumprido e de que o Rio de Janeiro está de volta aos trilhos.

 

- Agradeço a todos os meus secretários pela jornada de 2021. O processo de transformação do estado está apenas no começo, mas já estamos colhendo os bons resultados de uma gestão equilibrada, pé no chão e que fez, em meses, o que havia se perdido nos últimos anos. O Rio de Janeiro voltou a olhar para todos os setores da sociedade, para quem mais precisou durante a pandemia e resgatou a credibilidade que há muito lhe faltava - declarou o governador.

 

Outros aspectos destacados como determinantes nesta nova etapa do estado foram a transparência nos processos conduzidos e o restabelecimento do diálogo entre os poderes para avançar em matérias de extrema importância para o futuro do Rio de Janeiro, como o ingresso no Novo Regime de Recuperação Fiscal.

 

O governador mencionou resultados positivos em todas as áreas. Na Saúde, por exemplo, foram aplicadas 25 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, imunizando mais de 75% dos fluminenses, graças a uma distribuição eficaz e igualitária. Na Economia, a recuperação de 100% dos empregos perdidos na pandemia. Além disso, os pagamentos dos servidores ativos e inativos e pensionistas foi antecipado ao longo de 14 meses.

 

O governo combateu o crime organizado, atingindo o menor número de homicídios da série histórica e ultrapassou a marca de mil milicianos presos desde o fim do ano passado. Destaque também para o uso das câmeras nos uniformes de agentes, que começa no fim do ano.


2022 no azul

 

Cláudio Castro mostrou, ainda, que o futuro começou a ser planejado com eficiência. O ano de 2022 terá início com as contas no azul: pela primeira vez em cinco anos o Projeto de Lei Orçamentária Anual enviado à Assembleia Legislativa não possui previsão de déficit. A concessão dos serviços de saneamento, realizada em 2021, vai beneficiar 10 milhões de pessoas com água de qualidade e garantiu R$ 27 bilhões em investimentos obrigatórios por parte dos vencedores da primeira fase do leilão.

 

- Os avanços que virão a partir da concessão serão enormes, e nós não usamos um real dos recursos para pagar folha ou despesas ordinárias. Vamos conseguir universalizar a água, algo básico que ainda faltava para milhões de pessoas no Rio de Janeiro. E esse aporte, sim, será totalmente investido em obras de infraestrutura, como as previstas no PactoRJ, o maior programa de desenvolvimento da história fluminense - frisou o governador.


Confira as fotos em: https://flickr.com/photos/governodorio/albums/72157720233999408

 

Confira o vídeo em: https://drive.google.com/file/d/1EUAZCOohTiOH5Zl2z2Nre-QmIVWcjxCX/view