Notícias







Uerj promove diversas iniciativas para incentivar pesquisas


Com o objetivo de estimular alunos e professores, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), vem promovendo ações específicas para a promoção do ensino, pesquisa e extensão destinadas à comunidade acadêmica. Entre elas, a criação do Programa de Incentivo à Docência da Graduação (Prodocência), para projetos de trabalho que articulem conhecimento teórico à prática profissional.

 
Serão 600 bolsas de apoio aos professores, no valor de R$ 1,4 mil. Cada proposta poderá contar com a participação de cinco estudantes, que serão contemplados com o auxílio articulação acadêmico-profissional.

 

De acordo com o secretário Dr. Serginho, a Uerj vem criado importantes medidas para fortalecer pesquisas do estado. 

 

- Mais uma vez, a UERJ tem se colocado na vanguarda, atento as necessidades de professores e pesquisadores. Esse incentivo será fundamental para dinamizar os estudos, dando oportunidades tanto a professores como aos alunos", ressaltou.

 

Já o reitor Ricardo Lodi lembrou o papel que a universidade tem desenvolvido ao longo da pandemia. 
   
- Durante o período pandêmico, tivemos que nos reinventar, implementando o ensino emergencial como alternativa possível para manter as nossas atividades institucionais. Nesse momento, com a nossa universidade em pleno funcionamento e pronta para novos desafios, vamos investir no professor, na educação e na ciência - afirmou o reitor Ricardo Lodi.
 
No campo científico, a universidade também decidiu investir, ampliando o Programa de Incentivo à Produção Científica, Técnica e Artística (Prociência), com a implementação de 500 novas bolsas de R$ 4 mil, a serem oferecidas por meio de edital. Trata-se de um programa inovador, que visa fixar o pesquisador, fomentando a produção de conhecimento e a interação entre os vários grupos de pesquisa, por meio da avaliação periódica a cada três anos, por meio de dois comitês julgadores.