Notícias

Mais pesquisados:
  • ESTADO
  • RIO
  • RIO
  • GOVERNO
  • DETRAN
  • PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS
    Carlos Magno


    Pagamento de novembro vai ser antecipado para a próxima sexta-feira, dia 3


    29 de novembro de 2021

     

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro vai quitar, antecipadamente, nesta sexta-feira (03/12), os salários de novembro para 464.465 servidores ativos, inativos e pensionistas. O valor líquido da folha de novembro é de R$ 1,84 bilhão. Os depósitos serão efetuados ao longo do dia, mesmo após o término do expediente bancário. Esta é a 13ª vez, desde que o governador Cláudio Castro assumiu o comando do estado, que o pagamento é feito de forma antecipada, antes do décimo dia útil, conforme prevê o calendário oficial.


    Além disso, o governador também anunciou que a segunda parcela do 13º salário será depositada em 17 de dezembro. Os depósitos, no valor total de R$ 781 milhões, serão feitos ao longo do dia e seguirão após o expediente bancário para 462.108 funcionários públicos ativos, inativos e pensionistas. A segunda parcela do 13º será menor do que a primeira, que foi paga antecipadamente em 30 de junho, porque serão feitos os descontos previstos em lei, como o Imposto de Renda e a contribuição previdenciária. Desde 2015 o estado não antecipava o abono para todo o funcionalismo.


    Salário de dezembro estará na conta no dia 30/12


    O governador Cláudio Castro adiantou ainda, durante coletiva de imprensa, que o pagamento do salário de dezembro dos servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas estará na conta no dia 30 de dezembro.


    - O pagamento de dezembro, que seria feito até o décimo dia de janeiro, será pago dia 30 de dezembro. Ou seja, o estado quita todas as folhas dentro do ano. É um marco histórico para o estado. São 14 folhas dentro deste ano, mostrando que realmente a gente tem conseguido dar um novo passo rumo a uma economia mais forte, mais saudável. Certamente é um grande anúncio. Você servidor, você servidora, já pode contar que dia 30 de dezembro será pago o salário de dezembro dentro do mês de dezembro -  afirmou Castro.


    Ao todo, somando os depósitos dos salários de novembro, segunda parcela do décimo-terceiro e o salário de janeiro, serão injetados na economia fluminense cerca de R$ 4,46 bilhões neste fim de ano, período de grande movimentação nos setores de comércio e serviços em todo o estado.


    - A gestão das finanças do estado de forma responsável vem garantindo os salários em dia e com antecipação. Estamos chegando ao final do ano mantendo o nosso planejamento - acrescentou o secretário de Estado de Fazenda, Nelson Rocha.


    O governador falou também sobre a recomposição salarial, que começa a ser paga no primeiro bimestre de 2022, e as regras que serão estabelecidas para o pagamento.


    - No dia 15 de outubro foi sancionada a lei de recomposição salarial e o reajuste para os servidores, que começará a ser pago no primeiro bimestre. Ainda implementamos esse ano o Plano de Cargos e Salários da Saúde, o famoso PCCS. Uma luta de mais de 30 anos dos servidores. E, pela primeira vez, em sete anos, vamos fazer a recomposição do ano pelo IPCA, como manda o Regime de Recuperação Fiscal (RRF). O primeiro salário do ano de 2022 já virá reajustado, no começo de fevereiro – destacou o governador.


    Com relação aos atrasados, o pagamento será feito até o fim do primeiro trimestre.  


    -Assim será feito para que o servidor possa entender que isso agora é uma política de recomposição, que não fere a responsabilidade fiscal e também garante ao servidor uma previsibilidade – finalizou Castro.